Parlamento Sueco pretende legalizar partilha de ficheiros online

Para além das louras jeitosas e do NuJazz, a Suécia é conhecida pelo famoso tracker bittorrent The Pirate Bay, tracker esse que pode funcionar neste país sem grandes problemas legais.

A legislação sueca sempre foi branda em relação às redes P2P. Recentemente, isso esteve para mudar, quando foi apresentada uma proposta para banir da internet todos os utilizadores que partilhassem ficheiros ilegalmente. Agora, surge uma nova proposta; ao contrário da anterior, esta proposta pretende legalizar a partilha de ficheiros.

"Decriminalizing all non-commercial file sharing and forcing the market to adapt is not just the best solution. It’s the only solution, unless we want an ever more extensive control of what citizens do on the Internet."

É bom ver que a Suécia percebeu que é impossível parar a partilha de ficheiros. Seria óptimo que muitas editoras e estúdios cinematográficos também percebessem isso.

Tradução da proposta para Inglês

Alojamento Web

Rede com Mac OS X e Windows

Tanto se tem falado em interoperabilidade, mas o que é e como se consegue? A interoperabilidade, explicado de uma forma muito minimalista, é conseguir por duas coisas diferentes a funcionar bem entre si, como uma rede com Windows e Mac OS X. E é precisamente sobre a interoperabilidade entre estes dois sistemas operativos que o blog Lifehacker publicou um artigo.

O artigo aborda a partilha de ficheiros, execução de ficheiros, sincronização, partilha de impressora e fax, sincronização e mais uns temas interessantes. No final, há ainda um guia para mudar de Windows para OS X. Vale a pena ler, se tiverem um Mac e um computador com Windows.

{The Complete Guide to Mac/Windows Interoperability}

Alojamento Web

Microsoft e Adobe lançam-se na produtividade online

A Microsoft lançou o seu mais recente serviço online, o Office Live Workspace. O Office Live Workspace é apenas um serviço de alojamento e partilha de documentos entre utilizadores, um extra para os utilizadores de programas de produtividade para o desktop. Não terá (ou não se espera que tenha) um processador de texto, um editor de folhas de cálculo ou um criador de apresentações. O serviço está disponível, não apenas para utilizadores do Microsoft Office, mas para os utilizadores do OpenOffice e outros pacotes de produtividade.

Para já, o Office Live Workspace está em fase beta e a aceitar interessados em testar o serviço. Os utilizadores da versão beta, e futuramente da versão final, poderão guardar e partilhar mais mil documentos gratuitamente. Ao contrário do que se começa a dizer, não me parece que vá ser um “Google Docs killer”.

A Adobe poderá vir a entrar no mesmo mercado do Google Docs, Thinkfree ou Zoho, ao adquirir a empresa Virtual Ubiquity, criadora do processador de texto online Buzzword. O Buzzword é um editor de texto com um design todo catita, criado com a framework Adobe Flex, mas que não era muito conhecido até agora. Outro sinal da possível entrada da Adobe no mercado online das ferramentas de produtividade é o lançamento da versão beta do Share, um serviço online de partilha de ficheiros – o mesmo tipo de serviço do Office Live Workspace.

Talvez o lançamento destes serviços seja a resposta destas empresas à entrada do Google Docs no mercado empresarial. A Microsoft quer oferecer uma forma de partilha de documentos aos seus utilizadores e a Adobe parece querer oferecer um pacote semelhante ao do Google. Se estas empresas terão sucesso, só o futuro o dirá.

{Fontes: Read/Write Web && Webware && Download Squad && ZDNet}

Alojamento Web

Mais formatos multimédia no iPhone

A empresa Transmedia anunciou que vai disponibilizar suporte para vários formatos multimédia no iPhone. Para isso vai usar o serviço Glide Mobile, que servirá como plataforma para ambiente de colaboração e partilha de ficheiros.

Os formatos suportados por este serviço são o wmv, mpg, mpeg, avi, divx, mov, mp4, 3gp, wma, wav, au, mp3, m4a, aiff, aac e ac3. Todos estes formatos estão disponíveis para as redes EDGE e Wi-Fi.

O Glide Mobile é um webOS para dispositivos móveis. Tem livro de endereços, ferramenta de email e partilha de ficheiros.

{Fonte: Download Squad}

Alojamento Web

BitLet – Cliente Bittorrent online

Apesar de hoje em dia o bittorrent ser associado à pirataria, ele é usando também como protocolo de partilha de ficheiros legalmente, como é o exemplo de várias distribuições Linux, etc…

No entanto, nem toda a gente usa o bittorrent diariamente, nem quer instalar um cliente no seu sistema pois já tem "tralha" a mais. Para isso existe o BitLet.

O BitLet é um cliente de bittorrent online, onde lhe basta inserir o url do ficheiro *.torrent em questão e começar a descarregar o ficheiro em questão.

Tudo isto é feito através de uma excelente implementação de um java applet.

Portanto já sabe, não precisa do Azureus, uTorrent ou BitComet para descarregar ficheiros de qualquer site que use a tecnologia bittorrent.

Site: BitLet

Alojamento Web

Cabos 0.7

Cabos 0.7 Cabos é um excelente software de partilha de ficheiros que lhe permite uma privacidade e segurança bastante maior que as restantes redes. Sendo criado com base no Limewire e Acquisition este programa torna a partilha de ficheiros através da rede Gnutella bastante eficaz. O programa sugere-nos uma interface bastante user-friendly e bastantes funções e gestão de transferência através de proxy, para não falar da facilidade de integração com o iPod e iTunes. Cabos Homepage

Alojamento Web

Pando 1.0 – Partilha de ficheiros…

    Pando 1.0 é a primeira versão final deste software de partilha de ficheiros. Baseado na tecnologia Bittorrent, mas usando esta de uma forma diferente à dos restantes softwares como o Azureus, uTorrent ou BitComet, este programa permite a partilha de ficheiros bastando apenas estár registado no Pando.com . Para aliciar ainda mais, este software, está disponivel para MacOSx e Windows. Download: Pando 1.0 Homepage: Pando.com Fórum em PT: Pando.com

Alojamento Web

Venice – uma TV online…

Criadores do Skype e Kazaa lançam Venice

Os criadores do famoso cliente de partilha de ficheiros, o Kazaa e também do Skype estão a preparar um novo projecto. Venice é o nome dado ao projecto, que consiste na criação de uma TV online com conteúdo genuíno e oficial e para tal estão entrando em contacto com várias estações televisivas. Se este projecto for tão bem acolhido como foi o Skype, poderemos entrar numa revolução das tecnologias online. O projecto deverá estár disponivel ao publico daqui a uns meses.