ecoder – editor de código web based

ecoderO ecoder vai ser provavelmente o meu próximo “mini-IDE” para edição e desenvolvimento de pequenos excertos de código nos meus sites.

Este novo projecto tem como objectivo criar uma espécie de WYSIWYG com algumas funcionalidades bastante engraçadas e que permitiram editar os seus ficheiros de código online no seu próprio site.

Inclui um file browser que permitirá o envio de ficheiros e a edição de vários ficheiros em simultâneo recorrendo a um sistema de tabs, sintaxe colorida e ainda combinações de teclas para executar pequenas acções.

Actualmente como temos cPanel instalado no nosso servidor, tenho utilizado bastante o File Manager do cPanel para a edição de ficheiros, criação de pastas e outro tipo de tarefas, no entanto irei provavelmente dar a oportunidade ao ecoder para uso pessoal.

Alojamento Web

iStylr – gerador de templates xhtml e css

iStylr é um gerador online de templates em xhtml e css válidos.

Com esta aplicação web é possível criar, gerir e até mesmo vender templates optimizados para os motores de busca e com o código válido.

Poderá para além disso efectuar a importação e exportação dos seus templates, integrar elementos da página, criar estilos css através dum wizard e ainda utilizar um editor WYSIWYG para xHTML.

Alojamento Web

WordPress 2.6 – O que esperar de…

O lançamento do WordPress 2.5 trouxe bastantes novidades, tanto a nível de funcionalidades, como no aspecto da área de administração.

Agora espera-se pelo 2.6, que pelos vistos vai trazer grandes novidades como o suporte ao Google Gears, que permitirá escrever um post enquanto estiver offline e posteriormente publicar online no seu blog, a possibilidade de mover o ficheiro de configuração ( wp-config.php ) para uma directoria de um nível inferior e o regresso do WordPress Bookmarklet com opções adicionais para sites como o YouTube, etc.

Para além disso o editor WYSIWYG irá ter um "Post Word Count" que lhe permitirá saber o número de palavras existentes no post ( Para quem escreve Reviews pagas? ) e ainda poderá vir a ser implementado um sistema para rever os posts, ao estilo da Wiki.

Nesta versão, aqueles que não têm gravatar, poderão escolher uma imagem opcional, que terá o nome de Identicon.

Alojamento Web

CMS sem base de dados

CMS Sem base de dados

Hoje em dia, qualquer plano de alojamento de qualquer empresa de hosting tem suporte a pelo menos uma base de dados.

No entanto, para aqueles servidores que não têm suporte ou aqueles que atingiram o limite máximo da base de dados no seu plano de alojamento, existe uma solução para esse problema: usar um CMS que não use uma base de dados, mas sim um ficheiro de texto para guardar a informação.

Desta forma, os ficheiros de texto vão realizar a mesma tarefa que uma base de dados, não havendo a necessidade de haver outro módulo a correr no servidor para a base de dados, tal como no caso do MySql.

Em baixo, deixo algumas soluções de sistemas de gestão de conteúdo que não necessitam de base de dados para correrem.

Flatpress

Já aqui tínhamos falado acerca do Flatpress. Um cms opensource para a plataforma de blogging, bastante semelhante ao WordPress, mas que não necessita de base de dados MySql.

Usa o sistema de templates Smarty e tem o suporte para Widgets e Plugins, tal como no WordPress.

Caso queira e após a instalação e o uso intensivo do FlatPress, deseje instalar o WordPress, poderá importar a base de dados usando este script.

Pivot

O Pivot é uma ferramenta gratuita, distribuída sob a GNU Public General License, que lhe permite criar páginas dinâmicas, como pequenos blogs ou jornais online em PHP, sem a necessidade de funções ou base de dados adicionais.

A razão pela qual o Pivot usa ficheiros de texto e não uma base de dados para guardar a informação, é fazer com que o sistema possa correr numa quantidade maior de servidores possível.

Cute News

Cute News é um poderoso sistema de gestão de notícias que permite facilmente adicionar notícias, comentários, efectuar pesquisas e envio de ficheiros, tudo sem a necessidade de usar MySql.

Para além de um excelente editor WYSIWYG, apresenta ainda um sistema de templates bastante fácil de usar.

simplePHPblog

simplePHPblog é a mais simples ferramenta de criação de blogs que pode existir.

Com este cms poderá em poucos segundos ter o seu blog com as funções básicas e sem a necessidade de uma base de dados.

CMSimple

Um cms dividido em duas versões, uma comercial e outra sob as licenças GPL e AGPL 3. Visite o site do CMSimple OpenSource.

E pronto, penso que podemos ficar por aqui. Caso seja programador e tenha criado algum CMS, leia acerca do txtsql e faça uma versão do seu gestor que não necessite de base de dados.

Alojamento Web

Ferramentas e dicas de blogging

Ferramentas para Blogar

Hoje em dia qualquer pessoa tem o seu blog, ou pode ter em poucos segundos.

No entanto para blogar, não basta apenas ter um blog, é necessário ter vontade e escolher as ferramentas mais apropriadas para o acto do blogging. É quase como um soldado quando entra em batalha, tem que ter a arma correcta e as munições necessárias para estar totalmente preparado.

Na minha actividade como blogger, são várias as ferramentas que utilizo antes de colocar um post aqui no WebTuga ou em qualquer outro blog em que participe.

Google Reader / Gmail – Subscrição de conteúdo

Para estar sempre a par das notícias, subscrevo cerca de 790 rss feeds de sites em várias línguas, sendo a maioria em Espanhol, Inglês e Português. O Google Reader permite-me uma rápida leitura e selecção do conteúdo que me interessa.

Para além de subscrever rss feeds, participo em várias Mailing Lists e nada melhor que o Gmail para ler e gerir as entradas das mailing lists.

Bloco de notas – Editor de texto

Antes de começar a escrever o meu post no editor WYSIWYG do cms que uso ( Joomla ou WordPress ), começo sempre por escrever um rascunho no editor de texto mais simples que tenha à mão.
Ao escrever um rascunho, preocupo-me sempre por estruturar bem as frases de forma a ficar simples e de percepção fácil.

Revisor/Orangoo – Correctores ortográficos

Após criado o artigo, tento sempre dar uma vista de olhos pelos erros e correcções gramáticas, mas existe sempre um erro que deixo para trás, portanto nada melhor que um corrector ortográfico automático para ter uma menor probabilidade de deixar passar erros ortográficos.

Como corrector ortográfico costumo usar o Orangoo, ou então o Revisor, que basicamente são a mesma coisa, mas quando um está em falta, tenho sempre o outro para substituir.

Photoshop – Edição de imagem

Se há coisa que gosto de ver nos meus artigos, é um texto simples e uma imagem cuidada a acompanhar o texto. Penso que isso faz com que o leitor não perca o interesse pelo post.

É então aí que entra o editor de imagem, normalmente photoshop, para tratar uma imagem que vai acompanhar o texto.

Tenho o cuidado de criar uma imagem com fundo transparente, pois seja qual for o fundo, a probabilidade de ficar mais atractivo é maior.

Google Docs – Blogging cooperativo

Muitas das vezes antes de colocar o post no blog, gosto que algumas pessoas o leiam.

Há sempre algo que pode ser melhorado e portanto uso o Google Docs para poder distribuir aos meus colegas bloggers de forma a fazerem uma pequena revisão a este antes da sua publicação final.

O Google Docs é uma ferramenta on-line muito útil na cooperação em equipa. A possibilidade de partilhar e convidar outras pessoas para colaborarem consigo no documento é simplesmente fantástico.

eyeOS – Sistema Operativo Online

Normalmente, após a revisão de um outro blogger, o artigo é submetido no editor do CMS que uso e publicado no site.

Mas existe ainda outra aplicação que uso no meu dia a dia como blogger. Como devem saber, sou estudante e passo bastante tempo na escola. O tempo que me disponibilizam para aceder à Internet é aproveitado ao máximo para ler as RSS feeds, recolher noticias e começar a escrever textos ou pequenos trechos.
Como nem sempre tenho acesso ao mesmo computador ou nem sempre tenho tempo de publicar o post, comecei a usar uma ferramenta chamada eyeOS.

O eyeOS é um sistema operativo on-line que me permite o acesso a aplicações simples e armazenar pequenos ficheiros.

Muitas das vezes uso o RamISP, um serviço que corre a plataforma eyeOS, para guardar pequenos posts e links importantes que posso voltar a rever mais tarde sem a necessidade de guardar numa pen ou enviar para o e-mail. Basta-me apenas aceder ao meu sistema operativo on-line.

Esta é a minha rotina diária, parece um pouco complicado e trabalhoso, mas o resultado final vale sempre a pena. E quase que me esquecia, durante estes passos todos, nada melhor do que uma música para fazer as ideias vir ao de cima.

Fiquem bem e bons posts.

Alojamento Web

WordPress 2.5.1 chegou

Wordpress 2.5.1
Quase um mês depois do lançamento do WordPress 2.5, chegou uma nova versão em que foram corrigidos cerca de 70 bugs.

Para além de melhorias no desempenho da Dashboard e de algumas páginas do Painel de Administração, foram também corrigidos alguns problemas de compatibilidade no Media Uploader e o Layout levou melhorias de forma a ser funcional no IE. O editor WYSIWYG foi actualizado para o TinyMCE 3.0.7.

Faça já a actualização do WordPress seguindo o nosso guia  "Como fazer upgrade ao WordPress" ou manualmente obtendo o ultimo pacote do WordPress.org.

Alojamento Web

Correctores Ortográficos Online

Hoje em dia qualquer utilizador que tenha acesso à Internet, participa em algum fórum, comenta algum blog ou artigo e/ou vê-se na necessidade de enviar uma mensagem de correio a uma pessoa.

No entanto apenas uma percentagem destas pessoas, tenta escrever correctamente e mesmo alguns elementos dessa percentagem por vezes falham, pois são humanos.

Mas já existem várias alternativas para verificar se os seus textos estão escritos correctamente.

Por exemplo, a maioria dos browsers já traz incorporado um corrector ortográfico que verifica os textos inseridos nas text area’s de formulários dos sites.

Para aqueles que usam um browser que não incorpora um corrector ortográfico, ou que gostem de ter uma ferramenta sempre à mão para corrigir os seus textos, o WebTuga reúne uma lista de Correctores Ortográficos Online.

  • Orango – Permite corrigir os textos em 27 idiomas e o código é OpenSource. Este artigo foi corrigido usando este site.
  • SpellJax – Foi criado usando o código fonte do Orango, tem uma página simples e acessível.
  • SpellCheck – Permite corrigir uma única palavra ou um texto. Permite-lhe ainda saber o número de palavras e o número de letras que o texto tem, bem como colocar todas as letras do texto como maiúscula, minúscula ou com a ordem correcta como mandam as regras.
  • JacubaÉ inglês, permite-lhe adicionar palavras e procurar no dicionário. Facilita ainda a instalação do sistema no seu site ou no seu browser.
  • Spell Checkr – Permite corrigir páginas através do url.
  • Spellify – Usa o código do Orangoo e é indicado por bastantes sites web 2.0.
  • MicroSpell – Simples e funcional. Código pode ser obtido por compra.

Fomos informados hoje pelo utilizador Pedro Dias de que existe uma versão online do Flip.

Agradecimentos ao Pedro Dias por parte de toda a equipa WebTuga.