Steve Jobs abandona cargo de CEO da Apple

352225

O co-fundador da Apple, Steve Jobs, vai abandonar o cargo de CEO da multinacional. O lugar será assumido pelo número dois de longa data, Tim Cook.

Jobs vai tornar-se presidente do conselho de administração, um cargo que significa um afastamento das operações quotidianas da empresa.

O co-fundador da Apple, que se tem vindo a debater nos últimos anos com vários problemas de saúde, incluindo um cancro pancreático, estava desde Janeiro de baixa médica, por motivos não divulgados.

“Sempre disse que se chegasse o dia em que não conseguisse corresponder aos meus deveres e expectativas como CEO da Apple, seria o primeiro a dizer-vos. Infelizmente, esse dia chegou”, escreveu Jobs na carta de demissão, divulgada esta noite e dirigida ao conselho de administração e à “comunidade Apple”.

“No que diz respeito ao meu sucessor, recomendo fortemente que executemos o nosso plano de sucessão e nomeemos Tim Cook CEO da Apple”, acrescenta.

Steve Jobs assumira o cargo de CEO (primeiro interinamente) em 1997, depois de ter regressado no final do ano anterior à Apple, que abandonara em conflito com a restante administração. Nessa altura, resgatou a empresa de uma situação de quase falência e lançou uma bem sucedida linha de computadores Mac.

É o rosto mais conhecido da multinacional, que chefiou durante o lançamento de uma série de produtos de sucesso, incluindo o iPod, a loja online iTunes, o iPhone e o iPad.

Tim Cook, que desempenhava o cargo de director de operações, estava já ao comando da empresa na ausência de Jobs, tal como acontecera também em 2004, quando Steve Jobs foi operado ao pâncreas. Há muito que Cook era apontado como o muito provável sucessor do conhecido co-fundador.

Foi logo em 1998 que Tim Cook, cinco anos mais novo do que Jobs, começou a gan­har o estatuto de número dois den­tro da empresa. E, desde então, foi acumulando respon­s­abil­i­dades: por exem­plo, nego­ceia com as oper­ado­ras de tele­co­mu­ni­cações a com­er­cial­iza­ção do iPhone e planeia a nível global a venda de produtos.

Cresceu numa das pou­cas cidades do estado do Alabama, nos EUA, que têm lig­ação ao mar. O pai tra­bal­hava nas docas, a mãe era dona de casa e Cook tirou um curso de engen­haria numa uni­ver­si­dade de segunda linha.

É conhecido por gostar de exercício físico, pela exigência no trabalho e por ser introvertido e muito diferente do espírito facilmente irascível de Jobs.

 

Posted via email from joaopaulopacheco.net

One thought on “Steve Jobs abandona cargo de CEO da Apple”

  1. Pingback: planetgeek

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.