Youtube: aluguer de vídeos

O aluguer de filmes através do Youtube torna-se hoje realidade. Os primeiros vídeos a serem disponibilizados serão 5 filmes independentes do Festival de Cinema de Sundance de 2009 e 2010.

Os pré-requisitos para alugar vídeos serão uma conta de Youtube e de Google Checkout para efectuar os pagamentos, mas por enquanto este serviço de aluguer ainda não está disponível em Portugal.

Em relação aos preços, já se sabe que os filmes “The Cove” e “One Too Many Mornings” custarão 4 dólares (cada). O primeiro título, uma vez que já data de 2009, apenas ficará disponível para streaming durante 24 horas após o pagamento, enquanto que o segundo, sendo de 2010, ficará disponível durante 72 horas.

Embora neste momento apenas estejam disponíveis 5 filmes para alugar, isto não esconde o enorme potencial que este serviço poderá atingir. Este serviço de aluguer de filmes poderá ser mesmo o responsável por começar a fazer do Youtube um site rentável à Google. E se no futuro os acordos entre a Google e os estúdios cinematográficos abrangerem blockbusters, então aí a empresa poderá ter encontrado o filão de ouro que tanto ansiava encontrar no Youtube.

Author: João Joaquim

Web designer/developer. Siga-me no twitter: @joaojoaquim

2 thoughts on “Youtube: aluguer de vídeos”

  1. Já tinha pensado neste modelo de negócio para fazer cá em Portugal, as empresas de aluguer de filmes cada vez têm menos clientes e passar para aluguer via streaming seria uma óptima jogada, e que mesmo com concorrência estrangeira pode sobreviver, devido aos filmes legendados/dobrados e filmes portugueses.

    Esta é sem dúvida uma excelente aposta por parte da Google.

  2. Se o youtube seguir por esse caminho, duvido bastante que não tenham sucesso.
    É certo que já há serviços do género, mas o youtube tem uma relação fortíssima com o seu público que os faz sentirem-se parte do projecto.

    Aliás, ao meu ver este é a coluna mestra da Google. Não há uma única empresa que tenha um melhor relacionamento com o seu público. Projectos originais, intuitivos e mais importante, o conteúdo é gratuito e tão útil, que se desaparecesse de um dia para o outro, deixaria um grande vazio (pronto, sem flops como o Buzz).
    E isto tudo tornando-se não só lucrativa, como também um dos pesos pesados do ramo -que com o passar do tempo vai ganhando novos rumos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.