WebTuga Desktop Show

Ontem instalei o Ubuntu 9.04 e estive aqui a personalizar o ambiente Gnome, nada muito exagerado, apenas algumas coisas para ficar simples e funcional.

Como sei que existem leitores nossos que gostam de desktop modding, deixo em aberto um passatempo para apurar o melhor desktop do WebTuga.

Aqui fica o meu com Ubuntu 9.04 e Avant Window Navigator (dock) e Gnome Do:

Desktop Ubuntu 9.04

Deixem os vossos screenshots nos comentários!

Alojamento Web

Ubuntu 8.04.1 – A minha experiência com…

Ontem à noite decidi dar utilidade ao HP 530 que comprei através do Projecto e-escolas e instalei-lhe o Ubuntu.

A instalação correu perfeitamente e esta tudo a funcionar. Ao primeiro pensei que tinha um problema com a placa wireless, mas afinal é só mesmo o botão do portátil que não liga a luz, pois a placa funciona perfeitamente.

Som, teclado, trackpad, wireless, tudo funciona perfeitamente.

Após instalar e verificar que tudo estava a funcionar em condições, decidi personalizar o ambiente Gnome e instalar algumas aplicações básicas para o meu dia a dia, o que não são muitas, pois o Ubuntu já vem com as principais, Firefox, Rhythmbox, etc.

Antes de tudo, actualizei o sistema, pois o CD que aqui tinha já leva com alguns meses de atraso, cerca de 250MBs de updates e instalei uns codecs de áudio e vídeo.

Como sou utilizador fanático das redes IRC, instalei o Konversation, um cliente de IRC bastante completo e fácil de utilizar.

Em seguida avancei para a personalização do ambiente Gnome e do gestor de login GDM. Para tal acedi ao site Gnome-Look e escolhi aquele que mais me agradou. Neste caso já tinha um em mente que era o Mockup do Will para o Entrepid Ibex, a próxima versão do Ubuntu.

Fiz o download dos dois pacotes, tanto do GTK2+ como o pacote do GDM e instalei. Ficou simplesmente bestial.

Curiosamente agora que verifiquei novamente o Gnome-Look, já existe uma nova versão do mockup disponível.

Chegou então a vez de adicionar alguma interactividade no ambiente e para tal instalei o AWN ( Avant Window Navigator ), uma espécie de dock para o Gnome e ainda o Gnome-do, um “lançador de aplicações” ( app launcher ).

Até aqui já tinha o ambiente perfeito, só faltava o cliente para o twitter. Como twitterólico que sou, não passo um dia sem twittar e foi então que decidi procurar por um cliente que me permitisse comunicar pelo twitter da mesma forma que faço com o Twitterrific no macOSx leopard.

A primeira opção foi o Twitux, no entanto o sistema não me agradou lá muito e após ouvir algumas sugestões no twitter, decidi dar uma oportunidade ao gTwitter, que até agora me tem agradado.

Para completar o sistema operativo, instalei um media center do qual já tinha falado aqui, que é o Elisa Media Center.

Já há bastante tempo que não corria Linux em ambiente gráfico e tenho a dizer que as dificuldades numa pessoa em se adaptar ao Linux são meramente nulas.

Porquê pagar por uma coisa que podemos ter gratuitamente e com mais qualidade?

Aqui ficam algumas screenshots do meu ambiente de trabalho:

Alojamento Web

Uma mão cheia de fonts para o Ubuntu

Já instalaram todos os tipos de letra disponíveis nos repositórios do Ubuntu, mas acham que ainda faltam fonts 3D ou pixelizadas? Então não desesperem, porque o designer Brian Kent tem um repositório para o Ubuntu Gutsy Gibbon e Feisty Fawn com 465 das suas fonts.

Para poderem instalar esta panóplica de fonts, têm que seguir 4 simples passos. Primeiro que tudo, temos que abrir o ficheiro onde estão os repositórios:

sudo gedit /etc/apt/sources.list

De seguida, vamos adicionar as seguintes linhas ao final do ficheiro previamente aberto:

deb http://ppa.launchpad.net/corenominal/ubuntu gutsy main
deb-src http://ppa.launchpad.net/corenominal/ubuntu gutsy main

Se pretenderem instalar estas fonts no Ubuntu Feisty Fawn, adicionem as seguintes linhas ao final do vosso sources.list:

deb http://ppa.launchpad.net/corenominal/ubuntu feisty main
deb-src http://ppa.launchpad.net/corenominal/ubuntu feisty main

Temos que actualizar os repositórios de software com o seguinte comando:

sudo apt-get update

Agora só falta mesmo instalar as fonts:

sudo apt-get install ttf-aefonts

Os passos deste tutorial foi traduzido do site Crunchbag, para facilitar a vida ao leitor.

Alojamento Web

Mark Shuttleworth faz fortes críticas à Microsoft

Ubuntu

Numa entrevista dada à Eweek, Mark Shuttleworth falou das alegadas infracções de patentes da Microsoft e fez fortes críticas à empresa, acusando-a de fazer extorsão.

Mark Shuttleworth acusa a Microsoft de tentar dividir a comunidade open-source, ao alegar infracção de 235 patentes, e de se aproveitar da fraqueza financeira de algumas distribuições para comprar acordos. O presidente da Canonical também aponta o dedo às distribuições que fizeram os acordos de protecção com a Microsoft, por se deixarem arrastar para uma teia de incertezas, medo e confusão (FUD).

To say, as Ballmer did, that there is undisclosed balance sheet liability, that’s just extortion and we should refuse to get drawn into that game. On the other side, if Microsoft is concerned about its intellectual property, there is no one in the free software community that wants to violate anyone’s IP. Disclose the patents and we’ll fix the code. Alternatively, move on.

Durante a entrevista, Mark Shuttleworth é questionado sobre a GPL3. Ele afirma que a GPL3 é melhor que a sua antecessora e que o novo Ubuntu vai estar sob esta licença. Quanto às criticas de Linus Torvalds à nova GPL e à não passagem do kernel do Linux para esta licença, ele acredita que o ditador benevolente – Linus Torvalds – apenas quer o melhor para o kernel e que não há problema em haver ou não mudança de licença.

Quanto a possíveis acordos de interoperabilidade com a Microsoft, o homem forte da Canonical afirma que eles não estão postos de lado, mas que os acordos de protecção são uma carta fora do baralho.

Alojamento Web

“O Ubuntu é perfeito”

São palavras da Microsoft, não são minhas.
A Microsoft disponibilizou o download da versão desktop do Ubuntu, no site Windows Marketplace.

O download estava na subsecção "BIOS & System Update Downloads" e era descrito como perfeito para desktops, portáteis e servidores.

Quem lá inseriu o Ubuntu já deve ter sido recambiado para o desemprego, quase de certeza. Para os cépticos, deixo o texto original do site e um screenshot.

This is the desktop version of Ubuntu. Ubuntu is a community developed operating system that is perfect for laptops, desktops, and servers. Whether you use it at home, at school or at work Ubuntu contains all the applications you’ll ever need, from word processing and e-mail applications, to Web server software and programming tools. Ubuntu is and always will be free of charge. You do not pay any licensing fees. You can download, use and share Ubuntu with your friends, family, school or business for absolutely nothing.Version 7.04, named "Feisty Fawn," adds the Ubuntu Studio, a multimedia editing and production suite, to the distribution.

Ubuntu no Windows Marketplace

Fonte: Grawklaw

Alojamento Web

Ubuntu Studio – atrasado, mas chegou

O lançamento oficial do Ubuntu Studio é a notícia do dia. Com mais de um mês de atraso, esta versão do Ubuntu Fesity Fawn virada para a multimédia (imagem, áudio e vídeo) está finalmente disponível!

Esta versão ocupa uns generosos 860MB e vem cheia de ferramentas para som, vídeo e imagem.

Na instalação do Ubuntu Studio podemos escolher o tipo de sistema que queremos; se queremos um sistema virado para o som (com um kernel com baixa latência), um sistema virado para o vídeo ou um sistema virado para a imagem.

Este tipo de setup é semelhante à versão server do Ubuntu.

Se gostam de multimédia, não percam mais tempo e façam já o download do Ubuntu Studio 7.04.

Alojamento Web

Atrasado, mas já chegou

O Ubuntu Studio finalmente chegou. Com mais de um mês de atraso, esta versão do Ubuntu Fesity Fawn virada para a multimédia (imagem, áudio e vídeo) está finalmente disponível!

Esta versão ocupa uns generosos 860MB e vem cheia de ferramentas multimédia. Na instalação do Ubuntu Studio podemos escolher o tipo de sistema que queremos; se queremos um sistema virado para o som (com um kernel com baixa latência), um sistema virado para o vídeo ou se queremos um sistema virado para a imagem.

Este tipo de setup é semelhante à versão server do Ubuntu. Se gostam de multimédia, não percam mais tempo e façam já o download do Ubuntu Studio 7.04.

Alojamento Web

Ubuntu Feisty Fawn já cá está fora!

É oficial, já podem fazer o download do Ubuntu Feisty Fawn. Têm vários mirrors à escolha, entre eles um http e um ftp nacionais, cortesia do DEI-FCTUC (Universidade de Coimbra). Comecem já a fazer o download!

Alojamento Web

Já só faltam algumas horas para o Ubuntu 7.04

"It’s the final countdown. Tarara raa, tararara raa. Tarara raa raa, tararararararaa". É trauteando a famosa música dos Europe, The Final Countdown, que dou início ao post sobre o último dia até ao lançamento da nova versão do Ubuntu, o Ubuntu Feisty Fawn.

O Ubuntu 7.04 vai ter, entre outras coisas, um assistente para fazerem a migração do Windows para o Ubuntu, o suporte para redes wireless foi melhorado, foi criado um assistente para instalar os codecs multimédia proprietários que não vêm na instalação padrão do Ubuntu e já vem com o Gnome 2.18.

Para muitos de vós, a vontade de fazer o download da nova versão vai ser grande, mas aviso desde já que poderá ser complicado porque não vão ser os únicos. Parece-me que os servidores da Canonical vão ter uma semana caótica.

Eu só faço o download lá para o dia 25 destes mês, para não ser afectado pela avalanche de acessos. Ready, Set, e daqui a umas horas, GO!!

Alojamento Web

CDs gratuitos do Ubuntu Feisty vão estar disponíveis no Shipit

O Shipit vai disponibilizar CDs gratuitos do Ubuntu Feisty Fawn, mas não é certo que haja o Long Time Support (LTS) para o Ubuntu 7.04.

Com LTS ou não, é uma óptima forma de o oferecerem aos vossos amigos que andam, ou querem andar, a dar nas vistas.
  imagem retirada de http://ubuntu.wordpress.com/