Um novo supercomputador ocupa o primeiro lugar na lista dos supercomputadores. Chama-se Ranger, tem uma capacidade de processamento que ronda os 504 TeraFlops, 94 racks Blade, mais de 14 KMs de cablagem e ocupa uma área de 600 metros quadrados.

O Ranger está instalado no Texas Advanced Computer Center (TACC), na Universidade do Texas, em Austin, Estados Unidos da América.

Sabem que sistema operativo é que ele está a correr? Sabem, sabem? Windows Vista!
Estou no gozo. O Ranger corre GNU/Linux, como boa parte dos mais potentes supercomputadores actuais.

via Vivaotux.blogspot.com

4 COMENTÁRIOS

  1. Bem eu sou anti-microsoft mas sinceramente axo k andam a abusar, nao só aqui, mas em todos os sites que leio e blogs, ao dizerem que os servidores e supercomputadores usam linux em vez de windows. Windows é um sistema operativo gráfico feito para ser utilizado à vez por um utilizador, ora, claro que não consegue gerir esse tipo de recurso que provavelmente até tem um s.o. feito à medida… Não querendo ferir susceptilidades de ninguem nem do blog mas axo k so vos ficava bem exclarecer os utilizadores menos atentos em vez de deitar o vista a baixo, que é feito para um utilizador, numa maquina só. Linux é para outras andanças.
    Utilizo ubuntu à muito e recomendo, sou fã de linux, e só trabalho em ambiente windows por obrigação, mas por favor, esses comentarios de bota-a-baixo as vezes ficam mesmo mal especialmente quando são deste tipo até soam a ignorancia. toda a gente sabe que o windows nem 4gb de ram sabe gerir decentemente quanto mais algo deste tipo. nem foi feito para isso…

  2. hey, Paulo Ribeiro, concordo contigo, por as vezes tentarem denegrir muito a imagem do windows, só que neste caso, foi mera brincadeira (penso eu), pois toda a gente sabe que o Vista consome muitos recursos do PC…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.