Skype App para iPhone

App Store

E finalmente a tão aguardada iPhone App do Skype está disponível para download, mas parece que está a revelar-se um fracasso visto que várias pessoas estão a ter problemas ao utilizar a aplicação.

O Skype é uma das aplicação de comunicação por VoIP e está agora disponível para o iPhone e iPod Touch, no entanto estes últimos terão que ter um headset compatível para poderem efectuar chamadas de voz. Para além disso é necessário que tenha pelo menos o iPhone 2.1 Software Update instalado.

A Skype App só possibilita chamadas quando está conectado via Wifi, não em sendo possível efectuar chamas em ligações 3G ou Edge devido ao elevado número de transferências de informação que este executa.

Quando estiver ligado via 3G ou Edge poderá no entanto conversar com os seus contactos via text messaging.

Fique aqui com algumas screenshots e o link do download da Skype App para iPhone.

Skype AppSkype AppSkype App

Skype AppSkype AppSkype App

Alojamento Web

Dream G2 com google android

Uma cópia descarada (inclusive do nome) do próprio T-Mobile G1, da HTC —, o aparelho não oferece nem teclado virtual e nem muito menos um keypad QWERTY físico. Ao que tudo indica, ele possui apenas um teclado numérico tradicional para chamadas, que nem sequer suporta texto! É isso mesmo: os usuários terão que baixar um app de teclado touchscreen do Android Market, e isso quando um for lançado por lá.

Tirando isso, o Dream G2 oferece uma tela de 2,8 polegadas sensível ao toque, Wi-Fi, Bluetooth, rádio FM, câmera de 4 megapixels e 50MB de memória interna (com suporte a cartões microSD de até 16GB). Ele não possui, todavia, 3G (sim, somente GSM/EDGE) ou GPS. Duvido muito que este produto seja exportado para qualquer lugar fora do seu país de origem. Seu preço estimado é de 1.200 yuans chineses (cerca de 170 euros).

Alojamento Web

Apple anunciou iPhone 3G na WWDC08

Ontem foi dia de evento Apple. Realizou-se em São Francisco nos Estados Unidos da América a World Wide Developer Conference 2008, um evento que tem como objectivo chegar mais perto dos programadores e saber o que estes necessitam e como de costume, foram anunciadas algumas novidades.

Como sempre, Steve Jobs começou por fazer um apanhado do sucesso dos produtos da Apple, informando-nos que o iPhone vendeu no seu primeiro ano, cerca de 6 milhões de iPhones.

AppStore

AppStore

Algumas empresas e alguns programadores demonstraram as suas aplicações desenvolvidas para o iPhone e expressaram a sua opinião acerca da sua experiência a programar na plataforma. Entre as demonstrações encontravam-se projectos da Sega, eBay, TypePad e da MLB.com.

As aplicações vão estar disponíveis na AppStore quando esta estiver disponível, sendo o próprio programador a definir o valor que deseja cobrar pela aplicação. Este ficará com 70% do preço final, enquanto que a Apple ficará com o restante para cobrir os custos de alojamento e divulgação. Caso o programador opte por disponibilizar a aplicação gratuitamente, não terá custos adicionais.

A AppStore vai estar disponível em 62 países e será possível fazer o download das aplicações por Wifi, pelo iTunes ou pela rede da sua operadora móvel, no entanto esta ultima opção não estará disponível para ficheiros com tamanho superior a 10MB.

Mobileme

Mobileme Box

Foi apresentado um novo serviço chamado Mobileme que permite ter acesso aos seus dados, como por exemplo calendários, e-mails, documentos ou ficheiros e sincronizar com o seu computador ( PC ou Mac ) e com o seu iPhone.

Este serviço está presente no domínio me.com, tem o valor de $99 dólares no pacote individual ou $149 no pacote familiar e vem substituir o anterior serviço .Mac.

Apresenta um interface web dinâmico nunca antes visto com novidades como drag and drop de múltiplos ficheiros, e-mails ou contactos e ainda pesquisa com resultados em tempo real, tal como se fosse no seu computador.

iPhone 2.0 Software Update

iPhone 2.0 Software Update


Foram dados a conhecer novidades que podemos esperar na iPhone 2.0 Software Update e uma delas bem resolver um problemas com que os desenvolvedores de aplicações 3rd party se depararam, que é o facto de ser impossível correr aplicações em background. Como opção e para reduzir o consumo de energia no gadget, a Apple criou uma solução que permite receber alertas de eventos server-side.

Para além disso, o novo iPhone 2.0 Software permite a pesquisa de contactos, suporte a documentos do iWork e do Microsoft Office, salvar imagens que receba por e-mail no seu iPhone, controlos parentais, máquina de calcular cientifica no modo landscape e ainda suporte a mais linguagens das quais 4 tipos de japonês e chinês tradicional e simplificado com a possibilidade de escrever com o dedo.

O novo software estará disponível gratuitamente para qualquer detentor de um iPhone em Julho e terá um custo de apenas $9.95 para aqueles que tenham um iPod Touch.

iPhone 3G

iPhone 3G

O novo iPhone foi apresentado, chama-se iPhone 3G e tal como o nome indica, integra a tecnologia de transferência de dados 3G, revelando uma velocidade 2,8 vezes mais rápida que a tecnologia EDGE, um novo conector para headphones como os do iPod e ainda inclui o GPS. Para além disso o novo iPhone faz uma melhor gestão da bateria.

A Apple pretende colocar o iPhone disponível em 70 países até ao fim do ano, sendo que no dia 11 de Julho, 22 desses 70 países, incluindo Portugal, vão ter o iPhone disponível pelo preço fantástico preço de 199$ na versão 8GB e 299$ na versão de 16GB. O iPhone 3G 16GB estará disponível em preto e branco.

Falta-nos saber o que Bertrand Serlet falou, horas depois, acerca do novo Mac OS X Snow Leopard.

Entretanto já é possível reservar o seu iPhone na Optimus.

Alojamento Web

Apple Apresenta iPhone 3G na WWDC

 

A Apple apresentou hoje ao Mundo, pela mão de Steve Jobs, a sua nova geração do iPhone, denominada iPhone 3G.

Esta nova versão do dispositivo altamente aguardado da Apple brinda-nos com tudo aquilo que já foi apresentado em Março no evento do Roadmap do iPhone e umas alterações menores em Software como a calculadora científica quando em modo Landscape.

Em termos de Hardware, o novo iPhone inclui conectividade 3G, até 2 vezes mais rápido que EDGE e 35% mais rápido que outros smartphones 3G, aliada a um A-GPS (GPS assistido pelas antenas de telemóvel, tecnologia que a Apple já utilizava sem o GPS).

O sistema de GPS do iPhone permite detectar a localização e possivelmente indicar o percurso a decorrer (esta função não é confirmada pois não está referida em qualquer documento da Apple).

Em termos de bandas, o iPhone suporta 4 bandas dentro do GSM e 3 dentro do UMTS/HSDPA, fazendo dele virtualmente compatível com qualquer mercado do Mundo.

Em termos de bateria (e sim, ela continua a ser fixa), o novo iPhone permite 10 horas de conversação em GSM, 5 horas em 3G, 5 a 6 horas em navegação Web, 7 horas em vídeo e 24 horas em música.

O preço desta nova versão é exactamente metade na versão de 8GB, ou seja, 199$ e 299$ na versão de 16GB, que terá também uma versão em branco pelo mesmo preço.

O novo iPhone sairá para o Mundo a 11 de Julho, juntamente com o iTunes 7.7 e o iPhone OS 2.0.

Durante toda esta notícia usei a palavra Mundo. E não, não me enganei. A Apple vai lançar o iPhone em 70 países este ano, 22 dos quais já a 11 de Julho. Portugal encontra-se no lote dos que receberá o iPhone a 11 de Julho.

O iPhone em Portugal estará disponível pela Vodafone e Optimus. Por parte da Vodafone já está confirmada a existência de tarifários pré-pagos (o sistema que Portugal se orgulha de ter inventado) para o iPhone. A Optimus ainda não informou que tipo de tarifários irá disponibilizar.

O preço destes mesmos tarifários também é desconhecido, devendo ser revelado nos próximos dias. 

Alojamento Web

Gnome Do 0.4.0 disponível

David Siegel anunciou o lançamento da mais recente versão do Gnome Do, Gnome Do 0.4. Esta versão introduz algumas funcionalidades interessantes, que passarei a enumerar.

A maior novidade do Gnome Do é esta aplicação poder ser utilizada em ecrãs pequenos, como o monitor do Asus Eee PC, sem ocupar boa parte da imagem.

gnome do

Outra novidade é a introdução de um novo interface, semelhante ao do KDE 4. Para ver o Gnome Do com esse interface, basta executar a aplicação com o parâmetro –glassframe.

Para facilitar o acesso à pasta de plugins, foi adicionado um menu ao Gnome Do que permite abrir esta pasta automaticamente, o que facilita a vida ao utilizador na hora de gerir os plugins.

Mais novidades são a adicção de novos plugins, como o plugin para o Twitter ou o plugin para o Google Reader, e o funcionamento das teclas de atalho mesmo sem a presença do Tomboy no sistema.

Os utilizadores que desejarem instalar a nova versão do Gnome Do, podem descarregar e compilar a aplicação.

A imagem, disponibilizada sob a licença Creative Commons 2.0 by-sa, é da autoria do próprio autor da aplicação.

Alojamento Web

PyRoom, um editor de texto para escrita concentrada

Para escrever, eu gosto de ter um editor de texto simples, não intrusivo e leve. O Gedit costuma ser mais que suficiente, mas, como a maioria das aplicações, não permite focar a atenção do utilizador apenas nela, mesmo que esteja maximizada – existem demasiados botões e outros widgets quase que a pedir atenção. Por outro lado, tem um verificador ortográfico, uma ferramenta de enorme (e metam enorme nisto) utilidade.

Eu não tenciono deixar de utilizar o Gedit, ou o Leafpad ou mesmo o Scribes – outros dois excelentes editores de texto -, mas para textos mais longos ou que obriguem a uma maior concentração, vou passar a utilizar o PyRoom.

Este editor de texto é escrito em Python – o nome, como o algodão, não engana -, é ultra leve, é executado em ecrã inteiro (fullscreen), permite alterar o tamanho da letra, mudar as cores da aplicação, utilizar o rato para seleccionar texto e, claro, guardar os documentos. Na janela do programa apenas aparece a zona de inserção do texto. Simples e ideal para quem se quer concentrar apenas em bater texto.

Pena é não ter um corrector ortográfico e não permitir a alteração do tipo de letra – pelo menos não ter essa opção na aplicação.

Para instalarem esta aplicação, primeiro têm que instalar o bazaar (apt-get install bzr ou então visitando o site oficial para descarregarem e compilarem o código-fonte) e depois executar o seguinte comando na pasta onde querem descarregar a aplicação: bzr branch http://bazaar.launchpad.net/~brunobord/pyroom/trunk pyroom

Não estou a pensar escrever um romance, policial ou poesia, mas parece-me que vou passar a utilizar mais vezes este editor de texto para escrever as minhas divagações. Quem sabe se, daqui a uns tempos, não as publico e ganho uma fortuna.

PyRoom, via Genbeta.com

Alojamento Web

Google está a desenvolver um rival da Wikipédia

O Google anunciou publicamente que está a desenvolver uma "enciclopédia" online chamada Knol, com uma vertente social e onde será possível aos autores inserirem anúncios.

knol

Knol, de acordo com o Google, significa "unit of knowledge" (união de conhecimento).

Ao contrário da Wikipédia, o Knol terá um sistema de classificação das entradas e dos autores. Cada página (artigo) será avaliada pelos restantes utilizadores através de comentários e análises e essa avaliação afectará a reputação do autor da página no Knol. Mas o Knol vai para além da classificação: se um utilizador considerar determinada página incorrecta ou incompleta, ele poderá criar uma sobre esse assunto. Ambas ficarão disponíveis para pesquisa.

A vertente mais social não é a única diferença da Wikipédia. O Knol também irá permitir a inserção de anúncios nos artigos. Isto será um forte atractivo para a utilização do serviço, principalmente para o enorme grupo de utilizadores que está sempre à procura da nova forma de ganhar dinheiro da internet (e que até criam blogs sobre isso e tudo :P).

O Google, ao criar este sistema, está a desenvolver um serviço de informação mais social que a Wikipédia, onde os utilizadores terão sempre a última palavra e a responsabilidade pelos conteúdos inseridos no serviço. Mas será isso bom? E até que ponto irá afectar a Wikipédia?

Alojamento Web

Open Text Book – conhecimento livre

O conhecimento deve estar disponível a todos. Isso é um dado adquirido, ou devia ser. Assim como o conhecimento, também o software deveria estar disponível a todos, para poderem modificar, recompilar, redistribuir, etc. Mas não é de software livre que vos vou falar. Vou falar-vos de um projecto igualmente interessante, cujo objectivo é disponibilizar livros gratuitamente e em formato electrónico.

O projecto chama-se Open Text Book e foi criado pela Open Knowledge Foundation, fundada em 2004 com o objectivo de promover e proteger o conhecimento livre. O Open Text Book assenta na filosofia da Open Knowledge Foundation e tem o objectivo de promover livros livres, disponíveis para download sem qualquer custo.

O Open Text Book conta com várias categorias e publicações. Os utilizadores podem encontrar livros sobre arte, computação, geologia, linguística, música e até física. Algumas das publicações incluem "A Text-Book of the History of Painting", da autoria de John Charles Van Dyke e "Calculus" de Benjamin Crowell.

Para além de fazer o download dos livros, podem contribuir com obras literárias. Para isso, basta serem autores de alguma obra e disponibilizá-la numa licença livre ou então contactar um autor, para este disponibilizar uma obra, também sob uma licença livre.

Visitar o Open Text Book

Alojamento Web

Mais formatos multimédia no iPhone

A empresa Transmedia anunciou que vai disponibilizar suporte para vários formatos multimédia no iPhone. Para isso vai usar o serviço Glide Mobile, que servirá como plataforma para ambiente de colaboração e partilha de ficheiros.

Os formatos suportados por este serviço são o wmv, mpg, mpeg, avi, divx, mov, mp4, 3gp, wma, wav, au, mp3, m4a, aiff, aac e ac3. Todos estes formatos estão disponíveis para as redes EDGE e Wi-Fi.

O Glide Mobile é um webOS para dispositivos móveis. Tem livro de endereços, ferramenta de email e partilha de ficheiros.

{Fonte: Download Squad}

Alojamento Web

iPhone Lançado!!!

É a loucura e em cima é o iPhone! Foi uma keynote inteirinha para ele, mais nada, e foi apresentado inicialmente como um Windescreen Video iPod, um Telemóvel e um dispositivo para aceder à Internet. O telemóvel corre o OS X e é capaz de correr aplicações desenhadas para o seu irmão grande, portanto, o Mac OS X para Mac. E as suas especificações:

  • Único botão frontal,
  • Ecrã de 3,5" com a maior densidade de pixeis por cm de sempre num dispositivo portátil,
  • Camera de 2 megapixeis,
  • iPod dock,
  • Acelerómetro que muda a orientação do ecrã consoante o utilizador pega no iPhone,
  • 11.6 mm de espessura,
  • Sincroniza com o iTunes
  • GSM/EDGE
  • Wi-Fi
  • Bluetooth
  • Voicemail visual – mostra as mensagens de voicemail como se fossem e-mails,
  • Mail,
  • Safari,
  • Google Maps,
  • Widgets,
  • Muda sem problemas entre GSM e Wi-Fi,
  • Batería dura 5 horas com vídeo,
  • 16 horas para audio.

Disponível em dois modelos, um de 4 GB (499$) e outro de 8 GB (599$), vai começar a estar disponível no quarto trimestre no velho continente. Steve Jobs diz que este iPhone está 5 anos à frente de todos os outros telemóveis e quer uma cota de mercado de 1% (10 Milhões) em 2008.