Fitbit – fitness gadget que contabiliza calorias queimadas e horas de sono

Fitbit

Fitbit é um gadget de saúde muito interessante para quem gosta de fitness. Ele consegue calcular quantas calorias você perdeu num dia, quantos passos deu, qual a distância que percorreu, quanto tempo demorou para dormir, quantas vezes acordou durante a noite e quanto tempo ficou realmente a dormir, ao invés de deitado na cama.

O Fitbit contém um sensor de movimento 3D, como o encontrado na Nintendo Wii. O gadget segue os seus movimentos em três dimensões e converte-o em informações úteis sobre suas actividades diárias.

FitBit

Pode usar o Fitbit na sua cintura, no bolso ou até mesmo na roupa interior. À noite, pode usar o Fitbit cortada ao incluídos pulseira, a fim de acompanhar o seu sono. Quando você anda pela estação base sem fio incluído, os dados de seu Fitbit são silenciosamente carregados em segundo plano para Fitbit.com .

FitBit PocketFitBit Wii

O FitBit liga-se sem fios à sua base/carregador (dock), que envia os dados para uma base de dados online que avalia o seu desempenho.

O Fitbit tem um custo de $99,00 e pode ser comprado aqui.

Alojamento Web
Alojamento Web
Alojamento Web

Magalhães – o meu primeiro portátil

Magalhães

Magalhães é o primeiro portátil para muitas das crianças que frequentam o ensino básico em Portugal.

Tudo isto é um projecto muito bonito, não fosse um pequeno pormenor. O portátil é dos alunos… mas eles não o podem levar para casa. Pelo menos é isto que parece estar a acontecer em várias escolas.

Numa visita a uma escola de Ponte de Lima do senhor Primeiro Ministro, os portáteis foram entregues aos alunos, no entanto, já no fim de todos os jornalistas tirarem fotografias aos alunos e a Sócrates com o seu novo Magalhães, os alunos tiveram que devolver o portátil.

Este não é o primeiro caso que eu conheço, pois tenho um caso na família em que lhe foi informado de que os portáteis teriam que ficar na escola.

Alojamento Web

Portátil Magalhães

A partir do dia 23 de de Setembro de 2008 começará a chegar às escolas do 1º Ciclo de Portugal o “Magalhães”, um computador portátil especial.

O Magalhães é o computador de baixo custo dirigido a todas as crianças que frequentam o 1º Ciclo do Ensino Básico (do 1º ao 4º ano) oficial em Portugal.

Produzido a partir do segundo modelo do Classmate PC da Intel, a máquina, montada em Portugal pela JP SÁ Couto tem as seguintes características:
Processador Intel Celeron 900Mhz, 1 GB de memória RAM, disco rígido de 30 GB, ecrã de 9 polegadas (22 cm), câmara web, 2 colunas de som, microfone incorporado e entradas para auscultadores e microfone externo, 2 portas USB, entrada para cartões de memória SD, placas de rede sem fios e Ethernet, bateria de 3 células (3 horas).

O Magalhães é resistente ao choque e a líquidos e tem dois sistemas operativos em dual boot: Windows XP e Linux Caixa Mágica.

A aquisição do computador é feita de através das escolas onde os alunos se encontram matriculados. Para isso os encarregados de educação deverão mostrar o seu interesse em adquirir o computador junto do professor ou professora. Para adquirir o computador basta proceder a um pagamento, dependendo do Escalão da Acção Social Escolar.

Os alunos com Escalão A têm o computador gratuitamente; os alunos com Escalão B pagam 20€ e os alunos sem escalão pagam 50€. Após o pagamento o computador reverte definitivamente para o aluno.
O processo de distribuição do Magalhães será faseado. Na quarta semana de Setembro começa a distribuição que deverá estar completa em Janeiro de 2009.

As escolas que irão receber em primeiro lugar os computadores serão aquelas que já possuírem as infra-estruturas necessárias para a sua operacionalização: redes sem fios operacionais.

Para a manutenção e criação de redes nas escolas do 1º Ciclo, o Ministério da Educação conta com a colaboração das autarquias.

Este computador foi pensado para ser usado como ferramenta de trabalho em casa e na escola. Para isso conta com um conjunto bastante alargado de aplicações pré-instaladas e funcionais que irão ajudar os alunos nas várias áreas escolares.

Existe software para a Matemática, Língua Portuguesa, Estudo do Meio e até para a iniciação ao Inglês. As versões do Windows XP e do Linux Caixa Mágica estão prontas a usar e possuem imensos recursos tanto para as crianças como para os pais.

No Windows pode-se encontrar a versão estudante do Office 2007, um antivírus, programas de controlo parental, vários jogos e programas educativos portugueses e até uma cópia da Diciopédia X . Além disso existe um ambiente gráfico muito simples preparado para as crianças mais pequenas.

No Linux Caixa Mágica 12 Mag (versão específica do Caixa Mágica para o Magalhães) podemos encontrar imensos jogos e programas educativos, uma cópia do Open Office e acesso online a partir da barra inferior à Wikipédia do Sapo (www.saber.sapo.pt).

O ambiente de trabalho do Caixa Mágica conta com uma área de acesso aos programas e jogos que a criança mais utilizará: Open Office, Firefox, Thunderbird, aMSN, Kaffeine, Tuxpaint, GCompris e SuperTux.

A forma como este computador foi construído e o software que traz pronto a usar permite grandes potencialidades de trabalho na sala de aulas, em casa e até na visitas de estudo e trabalhos de campo.

Com o Magalhães os alunos poderão usar seu computador pessoal para pesquisar, reflectir e até criar conteúdos para a escola. De uma forma geral este computador vem democratizar o acesso à informática, permitindo que todos possam ter o seu próprio computador. Não é uma ferramenta que procura substituir os livros nem os cadernos, apenas serve de complemento.

Por exemplo: numa visita de estudo os alunos poderão tirar fotografias, filmar e tomar notas directamente no seu computador e mais tarde, em casa ou na sala, usar esses dados para criar um trabalho onde resumam as suas aprendizagens. Também poderão usar o Magalhães para “ensinar” os pais a usar as novas tecnologias.

Não basta entregar o computador e esperar os resultados ao fim de alguns dias. O Magalhães traz consigo uma “pequena revolução”, será necessário fazer muita formação aos professores do 1º Ciclo e aos encarregados de Educação para que estes possam tirar desta máquina o máximo das suas potencialidades.

Imagens:

Magalhães Linux Foto Magalhães Portátil Magalhães Magalhães OS Magalhaes Linux

Mr. Conguito

Autor: Pedro Dias (Mr. Conguito)

Blog Pessoal: O sitio do conguito

Sobre: Pedro Dias é um leitor assíduo do WebTuga, professor do 1º Ciclo do Ensino Básico e entusiasta das TIC e viciado na net.


Também é administrador do Centro de Recursos do 1º Ciclo e podcaster.


Podem encontrá-lo a ele e aos seus projectos n’O Sítio do Conguito

Alojamento Web

Portátil Magalhães – O meu primeiro portátil

Portátil MagalhãesNão, o portátil Magalhães não é o meu novo portátil, esse é o slogan do banner do portátil magalhães.

O novo portátil da Intel, baseado nos já existentes Classmate PC, criado para distribuição pelos alunos do 1º ciclo no âmbito do Plano Tecnológico parece já ter chegado às mãos de alguns dos educadores e provavelmente começarão a ser distribuídos na próxima semana pelos alunos.

Pessoalmente acho este projecto bastante interessante e provavelmente irá ter um grande sucesso. Cada vez mais é necessário suscitar o interesse dos alunos para o ensino e o conhecimento, pelo que penso que recorrer a ferramentas didácticas em conjunto com as novas tecnologias, será uma boa forma de aumentar esse interesse por parte dos alunos.

Apesar de o portátil não ser um “topo de gama”, serve perfeitamente para os principais objectivos deste plano. Penso que seria bastante interessante integrar um sistema operativo em Português, o mais minimalista possível, open-source, com software de controlo parental e aplicações didácticas como jogos e outras ferramentas direccionadas para a educação.

Espero deixar aqui mais algumas informações em breve.

Alojamento Web
Alojamento Web

Novo portátil do e-escolas já foi apresentado

portatil e-escolas caixa magicaO novo portátil do projecto e-escolas, já aqui mencionado, já foi apresentado. Este portátil nasce da parceria entre a Caixa Mágica e a Inforlândia, e está disponível na oferta da TMN no e-escolas. Apesar de não ser uma máquina topo de gama – nenhum portátil disponível no e-escolas o é – tem umas características bastante interessantes que me parecem ser as melhores de entre toda a oferta disponível no site desta iniciativa.

A melhor característica, pelo menos para mim, é o facto de vir com a Caixa Mágica 12 pré-instalada. Para quem não sabe, a Caixa Mágica é uma distribuição portuguesa de GNU/Linux – sim, esse sistema operativo sexy usado por gente sexy. Para além da Caixa Mágica, vem com o excelente pacote de produtividade OpenOffice, muito bom suporte para os ISPs nacionais e livre de BSODs (Blue Screen of Death).

Mas estas são do software. A nível do hardware, contem com um generoso Intel® Core2 Duo / Solo até T7800 2,6 GHz, um chipset VIA VN896, uma gráfica nVidia GeForce Go 8400 Turbo Cache com memória dedicada até 895Mb, um monitor TFT 15,4″ WXGA (1280×800) HyperBrilho, até 4GB de ram DDR2 667, 3 portas USB, um leitor de cartões 7 em 1, uma placa de som 7.1, dispositivo WiFi, Webcam de 1.3 megapixeis e um disco SATA (lamento, mas não sei qual a capacidade do disco, mas aponto para os 120GB).

Nada mau este portátil. Vejamos: Caixa Mágica, OpenOffice, Intel Core2Duo, 4GB de RAM, nVidia GeForce Go 8400, leitor de cartões, WiFi; tudo em 360 x 267 x 25.4 mm e 2.6Kg.Porreiro. Se eu ainda estudasse, comprava um portátil destes.

via globpt.com

Alojamento Web

Electricidade a pedais ganha concurso

electricidade a pedais

Uma equipa de estudantes do Politécnico da Universidade de Madrid ganhou o concurso "University Competition On Renewable Energy", criado pela Intel, graças ao seu dispositivo de geração de electricidade para portáteis a pedais.

O método de funcionamento deste dispositivo é simples: para ter corrente eléctrica no seu portátil, o utilizador tem que pedalar, literalmente. Felizmente para ele, as pedaladas não são longas e o dispositivo aguenta-se uns minutos sem elas.

É louvável e tal quererem criar produtos mais ecológicos, principalmente agora que a protecção da natureza está na moda, mas isto ultrapassa os limites do bom senso…

{Fonte: Xataka.com}

Alojamento Web

Mais Sobre os Novos MacBooks

More About New MacBooks

Aparentemente não são só os MacBook que deverão ser redesenhados, mas os MacBook Pro também.

Segundo o site MacSlice, os MacBook Pro também serão em alumínio preto e prateado, serão mais finos que o modelo actual e terão um LCD retroiluminado por LED em todos os modelos. Estes novos modelos deverão ainda incluir um novo teclado retroiluminado, um novo trackpad com funções novas, mais tempo de bateria e um leitor de impressões digitais que deverá ser incorporado no trackpad.

Em termos técnicos, os novos MacBook Pro deverão ter processadores até ao Core 2 Extreme Mobile (X7900) a 2.8 GHz, placa gráfica NVidea GeForce 8600M GT (256MB no modelo inferior, 512 ou mais como opção) e uma Superdrive com drive de Blu-Ray como opção.

Já no que toca ao MacBook, deverá ter o mesmo trackpad, 1GB de RAM e 100GB de HDD na versão inferior e 2GB de RAM e 160GB de HDD no modelo superior e um chip gráfico Intel GMA X3500.

Os novos MacBook deverão ser lançados num evento especial, onde deverá ser lançado também o Leopard e novos Mac Pro.