Aumenta a performance do GNU/Linux com o preload

Um sistema GNU/Linux – e também os *BSD – pode ser optimizado para a máxima performance num computador. Para isso, o utilizador tem que recompilar todo o sistema para a arquitectura que usa e recompilar o kernel só com o que necessita. Ainda se podem fazer mais umas quantas coisas, mas isso não vem ao caso.

Uma distribuição conhecida que faz a primeira parte – compilar o sistema optimizado para a arquitectura onde está instalado – é o Gentoo. Mas compilar todo o sistema é, digamos, um processo moroso como o caraças.

Podem obter à mesma um melhor desempenho com a vossa distribuição sem compilar seja lá o que for. Precisam apenas de instalar o preload, uma aplicação que cria cache das aplicações mais utilizadas, poupando algum trabalho ao processador, o que se traduz num aumento de performance.

No Debian e respectivos clones (Ubuntu, Sidux, etc, etc, etc), basta um simples apt-get install preload para instalar este programa.

Depois de instalada, esta aplicação tem que ser configurada. Infelizmente, têm que editar um ficheiro de texto (/etc/preload.conf); mas o processo não parece ser nada de muito complicado. Se necessitarem de um guia, descarreguem o PDF escrito por Behdad Esfahbod, o criador desta aplicação.

Depois de instalada, configurada e executada, esta aplicação pode melhorar a performance de algumas aplicações até 50%. Juntem a isto um gestor de janelas leve, como o OpenBox, e têm um computador que parece o Forest Gump a correr.

via Techthrob.com

Author: Bruno Miguel

Blogger, apreciador de cerveja e defensor do software livre, corre um sistema GNU/Linux de acordo com Stallman e sem quaisquer bugs - apenas com funcionalidades não desejadas.

One thought on “Aumenta a performance do GNU/Linux com o preload”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.