O Android ainda não está pronto, mas o Google, durante o Google Code Day, que decorreu a semana passada em Londres, abriu um pouco o veu e deixou espreitar para dentro do Android.

A plataforma para dispositivos móveis da Open Handset Alliance utilizará o Linux 2.6 para gerir o hardware dos gadgets onde for instalado (portas USB, teclado, memória flash, ecrã, dispositivos bluetooth, áudio e bateria), SQLite, Freetype, webKit, openGLS e uma framework de áudio da Real.

Para que se possa utilizar o Android, as recomendações mínimas recaem sobre um processador a 200MHz com 64MB de Ram e 64MB de memória flash.

via Wired.com

1 COMENTÁRIO

  1. Para quem quizer saber mais e para quem já está desenvolvendo para essa plataforma pode acessa atráves do endereço: [url]www.portalandroid.org[/url] – Comunidade Android de Desenvolvimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.